Mostra “BAILARINAS”

Mostra “BAILARINAS”

Artista:   Franci Floriani

“Só se pode dançar bem quando se acompanha o ritmo da música, sem se demorar demais no passo anterior ou antecipar o seguinte, sempre se equilibrando no passo presente. É o equilíbrio perfeito no compasso que faz a dança natural, atemporal e eterna”.

(Anne Morrow Lindbergh)

 

A dança traz alegria de viver, alonga e liberta o ser da escravidão do solo e da imobilidade.

Flutuar é estar solta no universo, é sorrir corporalmente, é transbordar delicadeza.   O gesto flutua no espaço, fica suspenso no ar e sintoniza a mente com algo maior.

Dançar é se comunicar, é mergulhar no “self”, exorcizar o medo, evoluir. Na leveza da dança, a alma se projeta no espaço e sai em busca da fantasia.

Para sonhar, transcender, transmutar, libertar a alma, alçar altos voos, é preciso dançar e dançar, e dançar…

 

Por Iara Venier

No Comments

Post A Comment